A IMPORTÂNCIA DA PERÍCIA GRAFOTÉCNICA

Assinar um documento seja ele uma procuração, escritura, cheque ou testamento, significa avalizar sua autenticidade, significa dar fé ao que está escrito. Mas, como comprovar a autenticidade e a veracidade dos fatos se alguém está negando a autoria caligráfica do mesmo?

Como assegurar que seja feita justiça e que a verdade seja revelada? É para resolver estas e muitas outras questões que muitos Juízes, Promotores e Advogados têm recorrido, à Perícia Grafotécnica visando esclarecer dúvidas referentes a lançamentos gráficos questionados. Estes lançamentos geralmente tem a sua autoria negada por determinada pessoa, e é neste cenário que aparece a figura do Perito Grafotécnico, um especialista capaz de suprir os membros do judiciário dos conhecimentos técnicos e científicos necessários ao esclarecimento da verdade.

Caso precise e atuando desde 2000 presto serviços de perícias grafotécnica e análise em documentos; cremos no rigor da observância dos paradigmas técnicos sem abandonar o desenvolvimento e a engenhosidade empresarial, afiançada na reputação ética que mantenho.

A qualidade dos laudos e pareceres emitidos garantem ao laboratório uma sólida reputação e uma carteira de clientes bastante diversificada, entre os quais Tribunal de Justiça do RJ e uma vasta gama de escritórios de advocacia cíveis e trabalhistas.

O que é Grafoscopia?

A palavra grafoscopia tem sua origem no grego (graf (o) + scop + ia ) que refere-se ao exame minucioso da grafia, ou seja, é a análise que tem por objetivo o reconhecimento de uma grafia, onde para isso, utiliza-se técnicas comparativas dos aspectos da letra.

Além disso, podemos destacar que a grafoscopia é uma das partes da documentoscopia que estuda a autenticidade e a autoria de um grafismo.

A escrita produzida por uma pessoa leva os sinais de sua personalidade.

Assim como algumas pessoas são reconhecidas pela maneira de andar, falar, gesticular…. O grafismo também pode identificar o seu autor.

A forma como o autor ou autora desenvolve as letras, a forma como são articuladas.

Documentoscopia é uma disciplina, integrante da criminalística, que tem por objetivo a verificação da autenticidade dos documentos ou a determinação de sua autoria. O setor de Documentoscopia é responsável pela realização dos exames periciais abaixo relacionados:

Exame grafoscópico: Este exame tem por finalidade a determinação da autoria de manuscrito (s)/assinatura (s) apostos em um documento. Para os exames grafoscópicos utiliza-se o método comparativo entre a (s) grafia (s) questionada (s) e a (s) grafia (s) padrão (ões) de confronto.

Exame documentoscópico: Este exame tem por objetivo a verificação da autenticidade dos documentos. O (s) documento (s) questionado (s) são confrontados com o (s) documento (s) padrão (ões) de confronto, à vista desarmada e através de instrumental ótico disponível. Dentre os principais documentos examinados, destacamos: papel moeda, selos, carteira nacional de habilitação, carteira de identidade, certificado de registro de veículo, certificado de registro e licenciamento de veículo, cheques etc.

Equipamentos utilizados: Os exames documentoscópicos/grafoscópicos são exames periciais dos mais solicitados ao Instituto de Criminalística do IGP e de grande relevância para a persecução penal. Para garantir a qualidade dos exames são utilizados: mesas digitalizadoras, softwares gráficos e forense, microscópios digitais, estereoscópico trinocular, lupas manuais, digitais e equipamentos com recursos de luzes especiais, entre eles, LEICA S6D e Video Spectral Comparator – VSC 5000 da Foster Freeman.

 

PUBLICADO POR: MAURO MORAES

FONTE